Normas

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS
 
MEDVEP – Revista Científica de Medicina Veterinária – Pequenos Animais e Animais
de Estimação
1. Objetivo
A MEDVEP – Revista Científica de Medicina Veterinária – Pequenos Animais e Animais de Estimação têm sua publicação trimestral, com trabalhos de pesquisa, casos clínicos e revisões de literatura, destinados aos Médicos Veterinários e profissionais de áreas afins, além de atualizações e informações diversas.
2. Normas Gerais
2.1
Os trabalhos enviados para publicação devem ser inéditos, não sendo permitida a sua apresentação simultânea em outro periódico. À MEDVEP reservam-se todos os direitos autorais dos trabalhos publicados, inclusive de tradução, permitindo, entretanto, a sua posterior reprodução como transcrição e com devida citação de fonte, sendo que nenhum dos autores será remunerado.
2.2
A MEDVEP receberá para publicação trabalhos redigidos em português, sendo os textos de inteira responsabilidade dos autores. A redação deve ser clara e precisa, evitando-se trechos obscuros, incoerências e ambigüidades.
2.3
A MEDVEP reserva-se o direito de submeter todos os trabalhos originais à apreciação da Comissão de Publicação Científica. Os conceitos emitidos nos trabalhos publicados serão de responsabilidade exclusiva dos autores, não refletindo obrigatoriamente a opinião da Comissão Científica e do Conselho Editorial.
2.4
As datas de recebimento, reformulação (se houver) e de aceitação do trabalho constarão, obrigatoriamente, no final do mesmo, quando da sua publicação.
3. Forma de apresentação
Elementos constituintes obrigatórios e ordem de apresentação:
3.1
Trabalho de pesquisa: Título em português, título em inglês, nome(s) do(s) autor(es), titulação do(s) autor(es), resumo, palavras-chave, introdução, revisão da literatura, proposição, material e métodos, resultados e discussão, conclusões ou considerações finais, abstract, keywords e referências.
3.2
Relato de casos clínicos: Título em português, título em inglês, nome(s) do(s) autor(es), titulação do(s) autor(es), resumo, descritores, introdução e revisão da literatura, proposição, relato do(s) caso(s) clínico(s), discussão, conclusões ou considerações finais, abstract, keywords e referências.
3.3
Revisão da literatura: Título em português, título em inglês, nome(s) do(s) autor(es), titulação do(s) autor(es), resumo, palavras-chave, introdução e proposição, revisão da literatura, discussão, conclusão ou considerações finais, abstract, keywords e referências.
3.4
Matéria da capa: A pauta e os elementos constituintes obrigatórios ficam a critério do corpo editorial, dos consultores indicados e do(s) autor(es) responsável(eis) pela produção da matéria.
3.5
Editorial: Opinião comentada do editor, corpo editorial ou autor convidado, em que se discutem o conteúdo da revista e possíveis alterações na missão e/ou forma da publicação.
3.6
Conversando com o leitor: Título em português, nome(s) e titulação do(s) autor(es), comentários sobre assuntos de relevância, com citação no corpo do texto da(s) fonte(s) da informação apresentada.
3.7
Entrevista: Pergunta: questões pertinentes sobre um determinado assunto da área médica, formulada de maneira sucinta. Resposta: restrita à questão formulada, com nome(s) do(s) entrevistado(s) e titulação.
3.8
Lançamentos e tecnologia: Notícia de lançamento de material ou equipamento de Medicina Veterinária; usar o mínimo possível de propaganda nos artigos, reservar um espaço para propaganda.
4. Anúncios publicitários
Devem estar em conformidade com as especificações contratadas com o setor comercial. A revista MEDVEP exime-se de qualquer responsabilidade pelos serviços e/ou produtos anunciados, cujas condições de fornecimento e veiculação publicitária estão sujeitas ao Código de Defesa do Consumidor e ao CONAR (Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária).
5. Comitê de Ética
5.1
Todos os trabalhos que envolvam estudos com seres vivos, deverão estar de acordo com os Princípios Éticos para Uso de Animais de Laboratório, do SBCAL/COBEA, http://www.cobea.org.br, e terem sido aprovados pela Comissão de Ética da Instituição. Enviar cópia da aprovação do CEP (Comitê de Ética em Pesquisa).
OBS.: Trabalhos que não atendam este item não serão publicados.
6. Apresentação de originais e suporte físico
Os originais destinados à MEDVEP deverão ser redigidos de acordo com o Estilo Vancouver.
6.1
Os originais deverão ser redigidos na ortografia oficial e digitados na fonte Arial tamanho 12 em folhas de papel tamanho A4, com espaço duplo e margem de 2cm de cada um dos lados, tinta preta, páginas numeradas no canto superior direito, não sendo impostas regras para o tamanho do artigo ou o número de figuras; porém, se por demais extenso, o conselho editorial pode pedir para que seja reduzido. Encaminhar também cópia do trabalho gravada em CD Rom, sempre acompanhada de 1 cópia em papel, sem nenhuma identificação dos autores. Em folha à parte deve constar o título do trabalho, nome completo dos autores, suas titulações mais importantes, endereço principal para correspondência, telefone e e-mail. (De todos os autores.)
6.2
Os elementos que fazem parte do texto devem ser apresentados como se segue:
Primeira página:
a) Título e subtítulo (português/inglês): deve ser conciso contendo somente as informações necessárias para a identificação do conteúdo.
b) Especificação: se o trabalho é resumo ou parte de dissertação/tese ou monografia mestrado/doutorado ou especialização, iniciação científica ou outros.
c) Nome(s) do(s) autor(es): por extenso na ordem a ser publicada, contendo sua titulação e instituição à qual é afiliado(a).
d) Endereço principal para correspondência e e-mail: do autor responsável pelo artigo.
Demais páginas: devem ser estruturadas conforme a categoria do artigo (item 3).
a) Título e subtítulo (português/inglês).
b) Resumo e Abstract: consiste na apresentação concisa e seqüencial, em um único parágrafo; deve ter no máximo 250 palavras, ressaltando-se o objetivo, material e
métodos, resultados e conclusões.
c) Palavras-chave e Keywords: correspondem às palavras ou expressões que identifiquem o conteúdo do artigo. Para a determinação dos descritores, deve-se consultar a lista de “Descritores em Ciências da Saúde – DeCS”, elaborada pela BIREME (http:// decs.bvs.br). De 3 a 5 descritores.
d) Introdução: deve apresentar com clareza a proposta do estudo tratado na pesquisa. O
objetivo deve ser concisamente apresentado.
e) Revisão de Literatura: deve ser pertinente, abrangendo os clássicos e artigos atuais.
f) Relato do(s) caso(s) clínico(s): com informações claras e suficientes para bom entendimento, ilustrado com fotos. Citar autorização do paciente/responsável para divulgação do caso clínico.
g) Material e métodos: identificar os métodos, equipamentos e procedimentos em detalhes suficientes para permitir que outros pesquisadores reproduzam os resultados. Métodos publicados devem ser referenciados, incluindo métodos estatísticos, oferecendo referências e descrições breves que tenham sido publicadas, mas ainda não sejam bem conhecidas, descrever métodos novos ou substancialmente modificados, dar as razões para usá-los e avaliar as suas limitações. Citar aprovação CEP (nº protocolo).
h) Resultados: devem ser apresentados com o mínimo possível de discussão ou interpretação pessoal, acompanhados de tabelas e ilustrações, quando necessário. Não
repetir no texto todos os dados já apresentados em ilustrações e tabelas, enfatizando somente as observações importantes. Podem ser apresentados juntamente com a discussão.
i) Discussão: enfatizar os aspectos novos e importantes do estudo e as conclusões resultantes. Deve restringir-se ao significado dos dados obtidos, evitando-se hipóteses não fundamentadas nos resultados. Relatar observações de outros estudos relevantes e relacioná-los ao conhecimento já existente.
j) Conclusão(ões) ou Considerações finais: deve(m) ser pertinente(s) ao(s) objetivo(s) propostos e justificadas nos dados obtidos. Devendo ser respondida a hipótese de trabalho.
k) Referências as referências devem ser numeradas consecutivamente na ordem em que são primeiramente mencionadas no texto. Identificar as referências no texto, tabelas e legendas por números arábicos entre parênteses. Os títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com Index Medicus e impressos sem negrito, itálico ou grifo, devendo-se usar a mesma apresentação em todas as referências, não devendo ser pontuados. Nas publicações com até seis autores, citam-se todos; acima de seis autores, citam-se os seis primeiros, seguidos da expressão et al. A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores. Comunicações pessoais, trabalhos em andamento e os
não publicados não devem ser incluídos na lista de referências, mas citados em notas de rodapé com asterisco.
Folhas à parte:
a) Agradecimentos (se houver): agradecimentos de ajuda técnica, apoio financeiro e material devem especificar sua natureza, sua contribuição. Podem ser mencionadas pessoas que tenham contribuído intelectualmente para o artigo, mas cujas contribuições não justifiquem a autoria. Os autores devem obter autorização das pessoas às quais são dirigidos os agradecimentos.
b) Legendas: deverão ser claras, concisas e precedidas da numeração correspondente.
c) Endereço, telefone e e-mail de todos os autores: para o encaminhamento de correspondências pela Comissão de Publicação.
d) Norma de publicação e declaração de responsabilidade assinada por todos os autores.
6.3 Citação no texto: é a menção no texto de uma informação extraída de um documento ou um canal de informação. Não serão aceitas citações no Sistema alfabético, somente no Sistema numérico (números entre parênteses): quando uma publicação tiver dois autores, ambos são citados; quando a citação tiver três ou mais autores, apenas o primeiro deve ser citado, seguido da expressão et al. Exemplos: um autor: Segundo Porto
Neto (1); dois autores: Macedo, Silva (2); mais de dois autores: Alvarenga et al. (3); ou no final da frase entre parênteses (Porto Neto, Macedo, Silva, Alvarenga et al.) (4).
7. Numeração, citação, ilustrações e posição das tabelas, quadros, figuras e gráficos
7.1 As ilustrações (gráficos, desenhos, etc.) devem ser construídas preferencialmente em programa apropriado como Word, Excel, Corel ou outros, fornecidas em formato digital junto com o CD Rom do artigo e também apresentadas em folhas separadas (papel) e numeradas consecutivamente em algarismos arábicos.
7.2 As fotografias deverão ser fornecidas em slides ou cromos originais, não-digitalizadas, com cópias numeradas e com o nome do artigo, não contendo nenhuma forma de identificação dos autores. O autor deverá ter uma cópia deste material caso ocorra extravio.
7.3. Câmeras digitais: Para obter uma impressão com qualidade em uma imagem digital, geralmente é necessário resolução entre 240 e 300 pixels por polegada (ou em termos de impressão, pontos por polegada, ppp). A câmera deve produzir um tamanho de imagem de 3.900 × 5.400 pixels. As imagens deverão ser gravadas em CD-ROM e com cópia. TODAS AS ILUSTRAÇÕES (GRÁFICOS, DESENHOS, FOTOS, ETC.) ESTARÃO SUJEITAS À AVALIAÇÃO E ELAS DEVEM SER ENVIADAS SEPARADAMENTE DO TEXTO. Para mais informações, enviar e-mail para edicao@medvep.com.br.
7.4. As tabelas, quadros, gráficos e figuras devem ser numerados consecutivamente em
algarismos arábicos.
7.5. As legendas de tabelas e quadros devem ser colocadas na parte superior destes.
7.6 As legendas de figuras e gráficos devem ser colocadas na parte inferior destes.
7.7 Todas as tabelas, quadros, figuras e gráficos, sem exceção, devem ser citados no texto.
8. Termos científicos
8.1 Os termos científicos devem ser grafados por extenso, em vez de seus correspondentes simbólicos abreviados.
8.2 Unidades de medida devem ser apresentadas rigorosamente de acordo com o Sistema
Internacional de Medidas.
9. Exemplos de referências
a) Livro com um autor
Carranza Junior FA. Glickman periodontia clínica. 7ª ed. Trad. de André M. Rodrigues. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1992.
b) Livro com dois autores
Primosh RE, Mathewson RJ. Fundamentals of pediatric dentistry. 4th ed. Chicago: Quintessence; 1999.
c) Em suporte eletrônico
 Falzon MR. Implants: adults and children [monograph on CD-ROM]. 3rd ed. New York: Wiley; 2000.
Carmell LP, Green DL. Histopathology [monograph online]. Philadelphia: Lippincott; 2001. [cited 2002 Jan 22]. Available from: URL: http://www.hist.com/dentistry
d) Capítulo de livro
Porter RJ, Meldrum BS. Antiepileptic drugs. In: Katzung BG, editor. Basic and clinical pharmacology. 6th ed. Norwalk, CN: Appleton and Lange; 1995. p.361-80.
e) Em suporte eletrônico
Chandler RW. Principles of internal fixation. In: Wong DS, Fuller LM. Prosthesis [monograph on CD-ROM] 5th ed. Philadelphia: Saunders; 1999.
Tichemor WS. Persistent sinusitis after surgery. In: Tichemor WS. Sinusitis: treatment plan that works for asthma and allergies too [monograph online]. New York: Health On the Net Foundation; 1996 [cited 1999 May 27]. Available from: URL: http://www.sinuses.com/postsurg.htm
f) Artigo de periódico
Meira r, Barcelos R, Primo LG. Respostas do Complexo dentino-pulpar aos traumatismos em dentes decíduos. J Bras Odontopediatr Odontol Bebê 2003; 6(20):50-55.
g) Com mais de seis autores
Ono I, Ohura T, Narumi E, Kawashima L, Nakamura IR, Otawa LL et al. Three-dimensional analysis of craniofacial bones. J Craniomaxillofac Surg 2000; 20:49-60.
h) Em suporte eletrônico
Zöllner N, Antoniazzi JH. Estudo in vitro da permeabilidade radicular de dentes humanos, na presença ou não de doença periodontal. ECLER Endod [periódico online] 1999; 1(1). Disponível em: URL: http://www.bireme.br/scler [2000 dez.1]
i) Artigo sem indicação de autor
Ethics of life and death. World Med J 2000; 46:60-64.
j) Organização ou Sociedade como autor
Organização Panamericana da Saúde. Prevenção e controle de doenças infecciosas. Bol Oficina Sanit Panam 1999;151:223-72.
k) Volume com suplemento
Shen HM. Risk assessment of nickel carcinogenicity. Environ Health Perspect 1994;102 Suppl 1:275-82.
l) Fascículo com suplemento
Moy AB. Centripetal tension and endothelial. Chest 1994;105(3Suppl):107-8.
m) Resumo
Collins JG, Kirtland BC. Experimental periodontics retards hamster fetal growth [abstract 1117]. J Dent Res 1995;74:158.
n) Artigo citado por outros autores – apud
Edwards MK. Magnetic resonance of the head and neck. Dent Clin North Am 1993;37(4):591-611 apud Dutra VD, Fontoura HES. A utilização da ressonância magnética nuclear em odontologia: revisão da literatura e relato de caso. Rev Fac Odontol Porto Alegre 1995;36(2):20-3.
o) Dissertações e Teses
Soares-Gow S. Avaliação da permeabilidade da superfície dentinária radicular após apicectomia e tratamento com os lasers de Er:YAG ou CO2 9,6: um estudo in vitro [Tese de Doutorado]. São Paulo: Faculdade de Odontologia da USP; 2001.
p) Em suporte eletrônico
Ballester RY. Efeito de tratamentos térmicos sobre a morfologia das partículas de pó e curvas de resistência ao CREEP em função do conteúdo de mercúrio, em quatro ligas comerciais para amálgama [Tese em CD-ROM]. São Paulo: Faculdade de Odontologia da USP; 1993.
Lourenço LG. Relação entre a contagem de microdensidade vasal tumoral e o prognóstico do adenocarcinoma [Tese online]. São Paulo: Universidade Federal de São Paulo;
1999[citado 1999 Jun 10]. Disponível em: URL: http://www.epm.br/cirurgia/gastro/laercio
q) Trabalho apresentado em evento
Lima MGGC, Duarte RC, Sampaio MCC. Prevalência dos defeitos de esmalte em crianças de baixo peso [resumo A027]. In: 16ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica; 1999 set. 8-11; Águas de São Pedro. Anais. São Paulo: SBPqO; 1999. p.12.
r) Em suporte eletrônico
Gomes SLR. Novos modos de conhecer: os recursos da Internet para uso das Bibliotecas Universitárias [CD-ROM]. In: 10º Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias; 1998 Out 25-30; Fortaleza. Anais. Fortaleza: Tec Treina; 1998.
Barata RB. Epidemiologia no século XXI: perspectivas para o Brasil. In: 4º Congresso Brasileiro de Epidemiologia [online]; 1998 Ago 1-5; Rio de Janeiro. Anais eletrônicos. Rio de Janeiro: ABRASCO; 1998 [citado 1999 Jan 17]. Disponível em: URL: http://www.abrasco.com.br/apirio98/
10. Avaliação
10.1 Os originais que deixarem de cumprir qualquer uma das normas aqui publicadas relativas à forma de apresentação, por incompletude ou inadequação, serão sumariamente devolvidos antes mesmo de serem submetidos à avaliação quanto ao mérito do trabalho e à conveniência de sua publicação.
10.2 Uma vez aprovados na avaliação quanto à forma de apresentação, os originais serão submetidos à apreciação da Comissão de Publicação, Conselho Editorial ou de Assessores ad hoc, que dispõem de plena autoridade para avaliar o mérito do trabalho e decidir sobre a conveniência de sua publicação, podendo, inclusive, reapresentá-los aos autores, com sugestões para que sejam feitas as alterações necessárias no texto e/ou para que os adaptem às normas editoriais da revista.
10.3 Os prazos fixados para nova submissão dos originais corrigidos serão informados no ofício que acompanha os originais e deverão ser rigorosamente respeitados. A nova submissão fora dos prazos estipulados acarretará o cancelamento definitivo do processo de avaliação.
10.4 Os trabalhos que, a critério da Comissão de Publicação, do Conselho Editorial ou de Assessores ad hoc, não forem considerados convenientes para publicação na MEDVEP serão informados aos autores que poderão enviar para outros veículos se assim desejarem.
10.5 Durante todo o processo de avaliação, os nomes dos avaliadores permanecerão em sigilo perante os autores, e os nomes dos autores permanecerão em sigilo perante os avaliadores. Para tanto, serão utilizados originais sem identificação dos autores.
10.6 Sistema peer review
11. Advertências
A preparação dos originais deve ser realizada seguindo-se rigorosamente as normas aqui publicadas. A não observância de qualquer uma das normas acarretará a devolução sumária dos originais, antes mesmo de sua apreciação pela comissão de avaliação.
12. Custos de publicação para assinantes
12.1 – Assinantes da Medvep não tem custo para publicação. Para cada grupo de 2 autores,
pelo menos um deve ser assinante. O envio do exemplar será feito apenas para os autores assinantes. Os demais autores caso desejem deverão fazer a aquisição do exemplar avulso, ou do artigo em PDF.
13. Custos de publicação para não assinantes
13.1 – Para autores que não sejam assinantes, serão cobradas as taxas de:
US$ 15,00 (Quinze dólares), para tramitação do artigo. A submissão do artigo obrigatoriamente deve estar acompanhada da taxa de tramitação, que pode ser em
cheque ou moeda. Em caso da não aprovação do artigo o valor da taxa não será devolvido.
US$ 30,00 (Trinta dólares) por página impressa caso o artigo seja aprovado para publicação. A Taxa de publicação deverá ser paga somente após o recebimento da carta com informação da Edição de publicação do artigo, seu respectivo valor atualizado, e as formas de pagamento.
13.2 – Os valores e condições de publicação podem sofrer alterações, sendo válidas sempre as normas publicadas no site na data do envio do trabalho.
14. Encaminhamento dos originais
14.1 Toda correspondência deve ser enviada para EDITOR- MEDVEP, R. Desembargador Antonio de Paula, 2240 Sala 08 – Boqueirão – 81450-750 – Curitiba, PR. Informações suplementares: (41) 3039-1100 ou e-mail: edicao@medvep.com.br.
14.2 Todos os artigos devem ser enviados com registro, preferencialmente por SEDEX, pago pelos autores.
15. Declaração:
Título do artigo:______________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
O(s) autor(es) abaixo assinado(s) submeto(emos) o trabalho intitulado acima à apreciação
da MEDVEP – Revista Científica de Medicina Veterinária Pequenos Animais e Animais de
Estimação, para ser publicado, declaro(mos) estar de acordo que os direitos autorais referentes ao citado trabalho tornem-se propriedade exclusiva da MEDVEP desde a data de sua submissão, sendo vedada qualquer reprodução total ou parcial, em qualquer outra parte ou meio de divulgação de qualquer natureza, sem que a prévia e necessária autorização seja solicitada e obtida junto à MEDVEP. No caso de o trabalho não ser aceito, a transferência de direitos autorais será automaticamente revogada, sendo feita a devolução do citado trabalho por parte da MEDVEP. Declaro(amos) ainda que é um trabalho original, sendo que seu conteúdo não foi ou está sendo considerado para publicação em outra revista, quer no formato impresso ou eletrônico. Concordo(amos) com os direitos autorais da revista sobre ele e com as todas as normas acima descritas, com total responsabilidade quanto às informações contidas no artigo, assim como em relação às questões éticas.