24jan/17

Transplante de medula óssea em seres humanos e em cães: Novas perspectivas

RESUMO

O câncer é um dos maiores problemas de saúde pública enfrentados em diversos países do mundo. Dentre as neoplasias existentes, aquelas que envolvem células hematopoiéticas representam uma porcentagem importante e, em sua maioria, são de prognóstico desfavorável. O transplante de medula óssea é uma modalidade terapêutica utilizada para ampliar o período de vida de pacientes com determinadas desordens hematológicas malignas de alto risco e doenças genéticas. Esse procedimento tem sido bem sucedido e considerado tratamento padrão para algumas destas enfermidades. Os cães também desenvolvem naturalmente neoplasias e, assim como em seres humanos, o número de diagnósticos também é elevado. Por capturarem a essência das neoplasias humanas como nenhum outro modelo animal, esta espécie tem sido usada como o principal modelo experimental para o homem, possibilitando o desenvolvimento de pesquisas, contudo, esse protocolo não é adotado em larga escala como modalidade terapêutica na Medicina Veterinária. A literatura mostra, no entanto, que é possível. O crescente e contínuo interesse científico pelo transplante de medula óssea ao longo do tempo tem suscitado pesquisas avançadas e resultados promissores envolvendo afecções antes não contempladas pelo procedimento, como a Diabetes Mellitus e a AIDS
Palavras-chave: Hematologia, cães e transplante autólogo

ABSTRACT

Cancer is one of the major public health hazards experienced all over the world. Neoplasias that involve hematopoietic cells represent an important percentage and usually present poor prognosis. Bone marrow transplantation (BMT) is a therapeutic modality used to increase patients’ survival rates with certain hematologic malignancies of high risk and genetic diseases. This procedure has been successful and it is considered a standard treatment for some illnesses. Dogs naturally develop neoplasias either and, just like human beings, the diagnosis numbers are elevated. For capturing the essence of human neoplasias like no other animal, this species has been used like an experimental model for humans, making it possible for research development. However, BMT has not been adopted in large scale as a therapeutic modality in Veterinary Medicine. Recent clinical essays and case reports show that it is possible. Increasing and continuous scientific interest about BMT have stimulated advanced researches and promising results involving diseases that had not been contemplated before for this procedure, as Diabetes Mellitus and AIDS.
Keywords: Hematology, dogs and autologous transplantation

24jan/17

Cirurgia robótica em medicina veterinária

RESUMO

A cirurgia robótica tem sido vista como um avanço tecnológico para a videocirurgia, bem como uma nova categoria de cirurgia minimamente invasiva. Este trabalho objetiva realizar uma revisão sobre a cirurgia robótica, considerando sua futura aplicabilidade na medicina veterinária. O desenvolvimento da Cirurgia Robótica representa uma tentativa para minimizar alguns obstáculos técnicos da laparoscopia, tornando a prática cirúrgica mais precisa, e mais fácil o aprendizado cirúrgico, enquanto diminui ainda mais o trauma. No entanto, é necessário um treinamento específico e possui alto custo. Apesar desses fatores, a cirurgia robótica poderá ser um importante instrumento no futuro da videocirurgia veterinária.
Palavras-chave: Laparoscopia, Cirurgia robótica, medicina veterinária.

ABSTRACT

Robotic surgery has been seen as a breakthrough laparoscopy surgical technologic and a new category of minimally invasive surgery. This paper aims to perform a robotic surgery review, considering its future applicability in veterinary medicine. Development of Robotic Surgery represents an endeavours to minimize some of tecnical laparoscopic hindrances, enhance more precise surgical practise, making na easier learning surgery, while still minimizing surgical trauma. However, a very specific training is required and represents a high cost. Despite these facts, robotic surgery may be an important instrumet in veterinary videosurgery future.
Keywords: Laparoscopy, robotic surgery, veterinary medicine.

24jan/17

Diagnóstico ultrassonográfico de onfalocele em feto canino

RESUMO

O objetivo deste trabalho é relatar um caso de onfalocele em cão, detectada pelo exame ultrassonográfico gestacional. Foi visualizado aumento da quantidade de líquido amniótico com presença de estruturas tubulares ecogênicas flutuantes que se inseriam em região umbilical de um feto, sugerindo herniação de alças intestinais. Apesar da dificuldade de se diagnosticar malformações congênitas pela ultrassonografia, em função do número e tamanho dos fetos caninos, o exame mostrou sensibilidade na detecção da onfalocele fetal. Devido à escassez de referências bibliográficas acerca de más-formações congênitas diagnosticadas pelo exame ultrassonográfico em cães, é necessário que sejam relatados todos os casos encontrados.
Palavras-chave: Má-formação congênita, ultrassonografia, cão.

ABSTRACT

This paper describes a case of omphalocele in a dog, detected through the gestational ultrasound exam. It was observed an increase of amniotic liquid amount with the presence of floating echogenic tubular structures that were inserted in the umbilical region, suggesting intestinal loops herniation.
Although it is usually difficult to diagnose congenital malformations by the ultrasound exam during pregnancy, due to the number and size of the canine fetuses, in this case the exam was successful in detecting fetal omphalocele. It is necessary to increase the records of congenital malformations observed through ultrasound exam in dogs in order to improve the literature review of this issue.
Keywords: Congenital malformation, ultrasound, dog.

24jan/17

Intoxicação canina por ingestão de coleira impregnada com deltametrina. Relato de quatro casos

RESUMO

São relatados quatro casos de intoxicação de cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Anhanguera-Uniderp, em Campo Grande-MS, com tremores, incoordenação motora, ataxia, êmese e crises convulsivas após terem ingerido coleira impregnada de deltametrina, usada como medida antivetorial da leishmaniose visceral canina. Os animais foram submetidos a exame radiográfico que constatou a presença de corpo estranho em região gástrica e encaminhados à gastrotomia para remoção da coleira. Todos os animais tiveram adequada recuperação após a cirurgia.
Palavras-chave: Piretroide, cão, repelente, corpo estranho, veneno.

ABSTRACT

This article reports four dogs seen at the Veterinary Hospital of University Anhanguera-Uniderp in Campo Grande-MS, with tremors, motor incoordination, ataxia, emesis and seizure, whose symptoms appeared after ingestion of their collars impregnated with deltamethrin, used as repellent of canine visceral leishmaniasis vectors . The radiographic examination revealed the presence of foreign body in the stomach. The dogs were submitted to gastrotomy in order to remove the collar. All animals had adequate recovery after surgery.
Keywords: Pyrethroid, dog, insect repellent, poison.

24jan/17

Dor de dente: os animais, nossos pacientes, sentem ou não?

RESUMO

Os animais, nossos pacientes, sentem ou não sentem “dor de dente”? Descrever a anatomia, etiologia e a fisiologia da dor de dente em cães e gatos é o principal objetivo deste artigo. As mesmas estruturas do sistema nervoso central e periférico relacionadas com a cavidade oral que existem no ser humano são igualmente identificadas nos animais. Assim, algumas lesões e afecções dentárias ocorrem com similaridade. Entretanto, os animais enfrentam dificuldades em expressar ou vocalizar os processos dentários dolorosos quando comparados com o ser humano. Cabe aos médicos veterinários identificar e interpretar os sinais patognomônicos para efetuar o tratamento específico. Frente aos dados literários apresentados a seguir, conclui-se, haver grande probabilidade de que os animais realmente sentem e são acometidos pela dor de dente, devendo-se instituir o tratamento sempre que detectada lesões de origem dentária potencialmente dolorosas.
Palavras-chave: Dor, dente, sinais, analgesia, cão

ABSTRACT

Do animals, our patients, feel or not feel tooth pain? The main objective of this article is to offer acknowledgment to comprehension of the mechanism and occurrence of tooth pain. The same structures of the human central and peripheral nerve system with oral cavity relationship are identified on small animals. So, some lesions and dental infections can occur with similarities. However, the animals have more difficulties on tooth pain when compared to human species. The veterinarians need to identify and interpret the characteristic signs to promote the specific treatment. Based on the presented literature review, the conclusion is that high probability exist that animals feel tooth pain, and the treatment always need to be initiated when a potentially pain dental lesion is identified.
Keywords: Pain, teeth, signs, analgesia, dog.