06out/15

Tendinopatia calcificante em um cão Cocker Spaniel

RESUMO

A calcificação do tendão do músculo infra-espinhoso é incomum em Medicina Veterinária. Raças de grande porte são as mais acometidas pela lesão. Atendeu-se junto ao Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Veterinário (UNESP – Jaboticabal) um canino da raça Cocker Spaniel, fêmea, com três anos e nove meses de idade, 17 Kg, com histórico de claudicação de apoio no membro torácico direito. O diagnóstico foi confirmado através do exame radiográfico, que revelou calcificação na região de inserção do músculo infra-espinhoso direito. Realizou-se a excisão da parte calcificada do tendão do infra-espinhoso. Após 43 dias o paciente não apresentava nenhum resquício dos sinais clínicos iniciais. Pode-se concluir que é importante conhecer as enfermidades articulares, que em alguns casos não são exclusivas de raças de grande porte e que esporadicamente podem acometer as demais raças.
Palavras-chave: calcificação, infra-espinhoso, cão

ABSTRACT

Calcifying tendinopathy of infraspinatus muscle is unusual in Veterinary Medicine. This injury comonly affects large breed dogs. A Cocker Spaniel female dog three years and nine months, 17 Kg, with right forelimb lameness was admitted to the Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Veterinário (UNESP – Jaboticabal),. The radiographic exam confirmed the diagnostic by calcified material located in the insertion of right infraspinatus muscle. Excision of the calcified segment of infraspinatus tendon was performed. Forty three days after surgery, there was no lameness. It’s important knowing the joint diseases, which in some cases are not exclusive diseases of large breed dogs and sporadically can be present in dogs of small breeds.
Keywords: calcification, infraspinatus tendon, dog

06out/15

Tratamento cirúrgico da dirofilariose canina utilizando a atriotomia direita através da inflow occlusion : relato de caso

RESUMO

A dirofilariose é uma doença com distribuição mundial, causada pelo parasita Dirofilária immitis. Esta doença apresenta importância zoonótica, pois os humanos também podem ser infectados, mas são considerados hospedeiros acidentais, sendo o cão um dos hospedeiros definitivos. Em cães a gravidade da doença esta relacionada ao número de parasitas adultos, que são frequentemente encontrados no coração e pulmão. Este parasita se aloja principalmente na artéria pulmonar e no átrio direito, podendo levar a uma insuficiência cardíaca congestiva direita. O diagnóstico é dado através da utilização do teste de ELISA, exame ecocardiográfico e pesquisa de microfilárias na circulação sanguínea. A maioria dos animais infectados são assintomáticos. Porém dentre os animais sintomáticos podemos observar letargia, tosse e distensão abdominal devido a ascite. Outros sinais incluem perda de peso, caquexia, anemia, dispnéia, intolerância ao exercício e morte devido à insuficiência cardíaca congestiva direita. O tratamento clínico para a dirofilariose consiste em terapia adulticida ou microfilaricida. No entanto nos casos em que há uma carga parasitária muito grande e/ou o animal manifesta a síndrome da veia cava cranial o tratamento cirúrgico torna-se o mais recomendado. O presente artigo visa relatar o tratamento da dirofilariose em um cão utilizando a técnica de atriotomia direita através da inflow occlusion.
Palavras-chave: dirofilariose; inflow occlusion; atriotomia; toracotomia

ABSTRACT

The heartworm disease is a disease with global distribution, caused by the parasite Dirofilária immitis. This disease presents a zoonotic relevance, because humans can be also infected, but are considered accidental hosts, being dogs one of the definitive hosts. In dogs the disease severity is related to the number of adult parasites, are the often found in the heart and lung. This parasite lodges primarily in the pulmonary artery and in the right atrium, and may induce a right congestive cardiac insufficiency. The diagnosis is given through the utilization of the ELISA test, echocardiography exam and search of microfilaries in the blood circulation. The majority of infected animals are asymptomatics. However, among the symptomatic dogs can be observed lethargy, cough, abdominal distention due the ascites. Others
signals include weight loss, cachexy, anemia, dyspnea, exercise intolerance, and death due the right congestive cardiac insufficiency. The clinical treatment to the heartworm disease consists in a adulticide and cranial vena cava syndrome the surgical treatment becomes the most recommended. The present article aim to relate the treatment of the heartworm disease in a dog, using the technique of right atriotomy through the inflow occlusion. Keywords: assessment body, obesity, knee, articulation
microfilaricide. However in cases that there is a very high parasitic load and/or the animal manifests the

06out/15

Volvo intestinal pós-trauma em cão

RESUMO

O volvo intestinal é emergência médica e cirúrgica, pois os intestinos giram em torno do eixo mesentérico causando comprometimento da artéria mesentérica cranial e de seus ramos. Este trabalho relata a ocorrência de volvo intestinal em decorrência de trauma automobilístico, descrevendo as intervenções
clínico-cirúrgicas as quais promoveram a recuperação do paciente.
Palavras-chave: torção intestinal, obstrução, circulação, trauma, necrose.

ABSTRACT

The intestinal volvulus is a medical and surgical emergency, in which the intestine suffer a twister in the mesenteric axis, This make a important vascular compromise of cranial mesenteric artery and its branch’s. This report describes an unusual form of intestinal volvulus in a dog, showing the surgical and clinical treatment adopted and their in to promote patient’s cure.
Keywords: twisted bowel, obstruction, circulation, trauma, necrosis.

06out/15

Persistência do ducto arterioso: revisão

RESUMO

O ducto arterioso é um tecido conjuntivo fibroelástico, formado entre a aorta e a artéria pulmonar presente durante a vida fetal, sendo que a falha na oclusão do mesmo até o nascimento resulta em persistência do ducto arterioso (PDA). Com o PDA o sangue é desviado da aorta descendente para a artéria pulmonar durante a sístole e a diástole, e é a segunda malformação cardíaca congênita mais frequênte, atrás apenas da estenose subaórtica, no entanto, é o defeito cardíaco, passível de intervenção cirúrgica, mais comumente diagnosticado. O diagnostico anatômico e funcional dessa anormalidade se enquadra basicamente em cinco classes, quatro delas são relativas ao desvio esquerdo/direito onde a pressão da aorta é maior, e uma modalidade é reversa e de etiologia diferenciada. A PDA com shunt invertido geralmente é de mais difícil detecção pela ecocardiografia, mesmo que seja de grande porte. O critério para se indicar ou não o procedimento cirúrgico para um animal com PDA é a presença do shunt de esquerda para a direita. Caso o animal apresente shunt de direita para esquerda, será excluído da indicação cirúrgica devido à possibilidade de desenvolvimento de hipertensão pulmonar no período pós-operatório. Com o objetivo de minimizar os riscos operatórios da toracotomia, a cateterização arterial tem sido utilizada cada vez com maior intensidade na correção deste tipo de defeito vascular, ou como método de auxílio diagnóstico. Os cirurgiões ainda podem optar pela videocirurgia, que apresenta algumas vantagens, como: redução do trauma, da dor pós-operatória, menor hipotermia e pequeno tempo de recuperação cirúrgica, além de ter vantagens cosméticas. A persistência do ducto arterioso ainda permanece como um grande desafio a ser vencido na rotina clínica, cirúrgica e cardiológica da medicina veterinária de pequenos animais, sendo de grande importância o investimento em metodologia diagnóstica e terapia de suporte para o êxito terapêutico.
Palavras-chave: cardiopatia congênita, medicina veterinária, revisão

ABSTRACT

The ductus arteriosus is a fibroelastic tissue formed between the aorta and the pulmonary artery, it’s present during fetal life, and the failure to occlude the same until the birth results in patent ductus arteriosus (PDA). With PDA, blood is diverted from the descending aorta to the pulmonary artery during systole and diastole, and is the second most common congenital cardiac malformation, behind subaortic stenosis, however, is the heart defect most correct in surgery. The diagnosis of anatomical and functional abnormalities basically falls into five classes, four of them are related to the deviation left / right of the aorta where pressure is higher, and a reverse mode with differentiated etiology. The PDA with reversed shunt is usually more difficult to detect by echocardiography, even if it is large. The criterion to indicate whether or not do the surgical procedure to an animal is the presence of PDA shunt from left to right. If the animal has a right to left shunt, the surgical option is excluded due to possible development of pulmonary hypertension in the postoperative period. In order to minimize the operative risks of thoracotomy, arterial catheterization has been used with increasing intensity in the correction of this type of vascular defect, or as a method to aid diagnosis. Surgeons can still opt for laparoscopic surgery, which presents some advantages such as reduced trauma, postoperative pain, less hypothermia and small surgical recovery time, and it has cosmetic advantages. The ductus arteriosus remains a major challenge to be overcome in clinical practice, cardiac surgery and veterinary medicine of small animals, it is of great importance to invest in diagnostic methods and therapy support for therapeutic success.
Keywords: congenital heart disease, veterinary medicine, review

06out/15

Poliglactina 910 e adesivo n-butil-2-cianoacrilato na gastrorrafia em ratas Wistar

RESUMO

Avaliou-se o uso do adesivo de n-butil-2-cianoacrilato em gastrorrafias, investigando macroscopicamente possíveis vazamentos e formação de aderências, além de avaliação histológica, bem como compará-lo com um método de sutura tradicional com fio absorvível sintético. Foram utilizadas 24 ratas wistar, separadas em dois grupos de 12 animais, A e B, as quais foram submetidas à gastrotomia experimental. A gastrorrafia nos animais do grupo A foi realizada com adesivo de n-butil-2-cianoacrilato, do grupo B, com padrão de sutura invertido de Cushing e poliglactina 910 5.0. Os animais foram avaliados clínica, macroscópica e histologicamente, com o sacrifício de dois animais de cada grupo aos 2,4,6,8,10 e 12 dias de pós-operatório. Microscopicamente, provocam menor reação inflamatória e maior proliferação de tecido conjuntivo que a sutura com poliglactina 910. O adesivo de n-butil-2-cianoacrilato permite menor trauma tecidual e tempo cirúrgico quando comparado com a sutura.
Palavras-chave: adesivo cirúrgico, cianoacrilato, gastrorrafia, cirurgia

ABSTRACT

It was tested the use of n-butyl-2-cyanoacrylate glue in gastric synthesis, investigated included possible leakage and, adhesion formation, in addition histological examination, further more comparated with one method of the synthetic absorbable sutures. I was used 24 Wistar rats, separated in two groups, A and B, which was suffered experimental gastrotomy. The gastric synthesis of the A animals group, was done with n-butil-2-cianoacrilato glue and, the B group, with inverted Cushing suture and polyglactin 910 5.0. The animals was avaliated clinic, macro and histologicaly, with the sacrifice of the two animals by group in the 2,4,6,8,10 and 12 post operative days. In microscopic evaluation at four and six days after surgery, offer a low inflamatory reaction and a higher connective tissue production that polyglactin suture. The n-butyl-2-cyanoacrylate adhesive praise a low tissue trauma and surgery time when comparated with the suture.
Keywords: tissue adhesive, cyanoacrylate, gastric synthesis, surgery