20ago/15

Tramadol

RESUMO

O uso dos analgésicos opióides nos períodos pré e intra-operatórios tem mostrado resultados satisfatórios, tanto no que se refere a beneficiar o procedimento anestésico, possibilitando a redução dos agentes anestésicos intravenosos e inalatórios, como a proporcionar analgesia pós-operatória, favorecendo melhor qualidade na recuperação do paciente. O tramadol é um analgésico opióide mais recente, estruturalmente semelhante à codeína, com menores efeitos colaterais em relação a outros analgésicos agonistas puros, capaz de promover analgesia satisfatória, com eficiência similar à obtida com a morfina, além de permitir a redução da concentração alveolar mínima (CAM) dos anestésicos inalatórios. Este trabalho tem por objetivo fazer uma revisão do analgésico tramadol, abordando as características desse fármaco e indicações de uso clínico do mesmo.
PALAVRAS-CHAVE: Tramadol; Analgesia; Opióide.

ABSTRACT

Opioids are routine perioperative analgesics used to reduce the dose of intravenous or inhalation anesthetic agents and to improve the postoperative analgesia. Tramadol is an opioid analgesic agent structurally related to codeine, and presenting minimal adverse effects when compared with other pure agonists. Tramadol provides effective analgesia like morphine and can reduce the MAC of anaesthetics. This review describes the characteristics and clinical use of tramadol.
KEYWORDS: Tramadol; Analgesia; Opioid.

03jul/15

Cistectomia e uretrectomia parciais com reimplante de uretra fora do trígono vesical em uma cadela

RESUMO

Uma cadela sem raça definida com cinco anos de idade e massa corporal de 12 kg, que havia sido submetida a ovário-histerectomia seis meses antes, foi atendida com queixa principal de dificuldade para urinar e presença de uma ferida exsudativa na linha média ventral retro-umbilical, surgida cerca de 90 dias antes. Na exploração da cavidade abdominal, identificou-se uma massa adjacente ao trajeto drenante, com diâmetro aproximado de 4,0 cm, aderida à parede abdominal, que envolvia parte da parede vesical e uretra. No interior da massa havia um fragmento de fio transparente de náilon, com diâmetro de 0,4 mm de diâmetro, preso à parede vesical, evidenciando-se a presença de uma fístula vesico-cutânea. O procedimento cirúrgico de cistectomia e uretrectomia parciais, com reimplante de uretra fora do trígono vesical, foi bem sucedido na resolução do problema, e em acompanhamento mensal durante nove meses, não se observou nenhum transtorno adicional.
Palavras-chave: bexiga, vesícula urinária, cão, cirurgia, reconstrução, cirurgia reconstrutiva

ABSTRACT

This paper reports the case of a five-year old mongrel bitch weighing 12 kg, previously submitted to surgical spaying six months before. The chief complaint was difficulty to urinate and presence of an exudative wound at the retro-umbilical ventral midline, which appeared 90 days before. Exploring the abdominal cavity, there was identified a mass adjacent to the drainage path, with an approximate diameter of 4.0 cm, attached to the abdominal wall, which involved part of the bladder wall and urethra. Within the mass there was found a fragment of transparent nylon suture with a diameter of 0.4 mm in diameter, attached to the bladder wall, being evident the presence of a vesicocutaneous fistula. The surgical procedure of partial cistectomy and urethrectomy, with reimplantation of the urethra out of the vesical trigonus was successful, and in a follow-up period of nine months, no signs of problems were noticed.
Keywords: urinary bladder, dog, surgery, reconstruction, reconstructive surgery

03jul/15

Novo método para contenção farmacológica e anestesia de campo em cães domésticos (Canis familiaris), empregando a fórmula “zad-50” (zoletil/50® + atropina + dormiun-v®)

RESUMO

Relata-se a contenção farmacológica de 30 cães domésticos (Canis familiaris) adultos, sendo 13 machos e 17 fêmeas, com massa corporal entre 2,05 e 41,5 (10,36±9,63) kg, submetidos a procedimentos cirúrgicos eletivos e de urgência. Foi usada a associação de tiletamina, zolazepam, atropina e detomidina, em doses calculadas por meio de extrapolação alométrica interespecífica. Os fármacos foram combinados numa preparação concentrada que foi denominada “ZAD-50” (Zoletil/50®+ Atropina + Dormiun-V®), para a qual se adiciona ao conteúdo desidratado de um frasco de Zoletil/50®, os volumes de 0,25 mL de atropina a 1%, 0,265mL de Dormiun-V® e 2,2mL de água destilada, obtendo-se volume final exato de 3,0 mL de ZAD-50, com os fármacos associados numa concentração que permite a contenção farmacológica de um cão de 10,0 kg com um volume de 0,6 mL, por exemplo. Esse método simplifica o trabalho veterinário em situações de rotina clínica, sendo eficiente para contenção farmacológica e anestesia de cães.
Palavras-chave: anestesiologia, contenção farmacológica, alometria, extrapolação alométrica, carnívoros

ABSTRACT

This paper reports the chemical restraint of 30 adult domestic dogs (Canis familiaris), being 13 males and 17 females, weighing 2.05 to 41.5 (10,36±9,63) kg, submitted to elective and urgency surgical procedures. There was employed the combination of tiletamine, zolazepam, atropine, and detomidine, in allometrically scaled dosages. The drugs were combined in a concentrate preparation called “ZAD-50” (Zoletil/50® + Atropine + Dormiun-V®), in which the dehydrated content of a Zoletil/50® vial is diluted with 0.25 mL of 1% atropine, 0.265 mL of Dormiun-V®, and 2.2 mL of distilled water, being exactly 3.0 mL the final volume of ZAD, with the drugs associated in a concentration which permits the chemical restraint of a 10.0 kg dog with a 0.6 mL volume, for example. This method simplifies veterinary duties in clinical routine, being efficient for chemical restraint and anesthesia of dogs.
Keywords: anesthesiology, chemical restraint, allometrics, allometric scaling, carnivores