26abr/16

Astenia cutânea canina – Relato de caso

RESUMO

A astenia cutânea, também conhecida como Síndrome de Ehlers-Danlos, é uma síndrome rara, que ocorre em várias espécies animais e em pessoas, caracterizada por distúrbios do colágeno. Este artigo relata um caso de astenia cutânea em um cão macho sem raça definida (SRD), que apresentava a pele extremamente frouxa e elástica e severas alterações nas articulações, especialmente nas articulações rádio-cárpicas, na forma de luxação medial bilateral dos carpos em relação a rádio e ulna. O diagnóstico definitivo foi firmado a partir dos resultados do exame histopatológico de amostras cutâneas obtidas por meio de biópsia excisional e do índice de 21% de distensibilidade cutânea.
Palavras-chave: Cão, colágeno, astenia cutânea, Ehlers-Danlos

ABSTRACT

Cutaneous asthenia, also known as Ehlers-Danlos syndrome, is a rare disease, occurring in many animal species and humans. This paper reports a case of cutaneous asthenia in a mongrel male dog, which presented extremely flaccid and elastic skin and severe articular changes, mainly in the radiocarpic joints, as medial bilateral luxation of carpus in relation to radius and ulna. Definitive diagnosis was defined by the association of the results of histopathological examination and the 21% index of cutaneous distensibility.
Keywords: Dog, collagen, cutaneous asthenia, Ehlers-Danlos

26abr/16

Anestesia intravenosa total por infusão contínua de propofol na ovariosalpingohisterectomia videolaparoscópica em cadelas

RESUMO

O presente estudo objetivou desenvolver um protocolo de anestesia intravenosa total para a realização de ovariosalpingohisterectomia laparoscópica em cadelas. Foram utilizadas oito fêmeas submetidas a ovariosalpingohisterectomia videolaparoscópica de forma padronizada. A medicação pré-anestésica foi realizada com acepromazina e a indução com propofol. Na manutenção utilizou-se propofol por infusão contínua associado à anestesia epidural com lidocaína. Como parâmetros avaliaram-se a FC, FR, temperatura retal, TPC, SpO2, PAM, PVC e gasometria arterial. Todos animais apresentaram diminuição da FC, FR, temperatura corporal, hipotensão e acidose respiratória não compensada durante o período anestésico. Dois animais apresentaram complicações anestésicas que culminaram com o óbito. Com os resultados obtidos, não recomenda-se o emprego desta metodologia para cirurgias laparoscópicas sem a utilização de ventilação controlada.
Palavras-chave: Anestesia total intravenosa, OSH, propofol, laparoscopia

ABSTRACT

The aim of study was the development of a total intravenous anesthesia protocol for the pattern laparoscopic ovariohysterectomy in eigth bitches. Acepromazine and propofol was use on premedication and induction respectively. In the maintenance continuous infusion of propofol associated to epidural lidocaine 2% was employed. Parameters as heart rate (HR), respiratory rate (RR), rectal temperature, capillary perfusion time (CPT), SpO2, mean arterial pressure (MAP), mean venous pressure (MVP) and arterial gasometry was evaluated it. All animals had reduction of the HR, RR, temperature, hypotension and acidosis not compensated during the anesthesia. Two animals had complications and death. The protocol employed in this study is not recommended without the use of controlled ventilation.
Keywords: TIVA, ovariohysterectomy, propofol, laparoscopy

26abr/16

Anestesia em cães cardiopatas

RESUMO

O conhecimento dos efeitos cardiovasculares dos diversos anestésicos utilizados rotineiramente em cães é de extrema importância, uma vez que a incidência de procedimentos que necessitam de anestesia em animais portadores de cardiopatias é crescente atualmente. Dentre as cardiopatias mais freqüentemente diagnosticadas em cães estão a insuficiência de válvula mitral e a cardiomiopatia dilatada, sendo respectivamente mais comuns em cães de raças de pequeno e de grande porte. Estas alterações cardíacas provocam importantes distúrbios hemodinâmicos que podem ser intensificados com o uso inadequado de alguns fármacos. Devido a isto, a escolha adequada de anestésicos para a medicação pré-anestésica, indução e manutenção da anestesia se torna imprescindível.
Palavras-chaves: Anestesia, cães, cardiopatias, alterações hemodinâmicas.

ABSTRACT

The knowledge of cardiovascular effects of different anesthesics drugs used in dogs is important since the incidence of procedures requiring anesthesia in animals suffering from heart diseases is growing nowadays. Among the most commonly diagnosed heart diseases in dogs are mitral valve failure and dilated cardiomyopathy, respectively being more common in small and large breed dogs. These cardiac changes cause significant hemodynamic disturbances that may be intensified with the inappropriate use of some anesthesics drugs. Concluding, the correct choice of anesthesics drugs to preanesthetic induction and maintenance of anesthesia becomes essential.
Keywords: anesthesia, dogs, cardiac disease, hemodynamics variables.

26abr/16

Anestesia peribulbar em facectomia extracapsular em cães – Relato de casos

RESUMO

A anestesia geral é utilizada para cirurgia de catarata em cães empregando-se a associação de fármacos pertencentes a diferentes grupos farmacológicos para a indução e manutenção anestésica. Os bloqueios regionais orbitais não são muito utilizados na rotina anestésica para cirurgias intra-oculares em pequenos animais devido ao frequente uso dos bloqueadores neuromusculares e aos riscos associados a algumas técnicas. Este trabalho relata a utilização do bloqueio regional peribulbar extraconal como uma alternativa mais segura aos outros bloqueios oftálmicos e como parte do protocolo anestésico realizado em quatro cães adultos com catarata bilateral submetidos à facectomia extracapsular. Os resultados observados colocam a técnica como uma alternativa vantajosa em relação aos protocolos anestésicos tradicionais.
Palavras-chave: Bloqueio Regional Oftálmico – Anestesia Oftálmica – Bloqueio extraconal – Canino.

ABSTRACT

Cataract surgery in dogs is generally performed under general anesthesia through association of different groups of drugs applied for the anesthesia induction and maintenance. The regional ophthalmic blocks are not generally performed in routine canine anesthesia for intra-ocular surgeries owing usual association of neuromuscular blocks agents to ophthalmic anesthesia protocols and the potential complications of the first ones. The peribulbar regional block, a safer ophthalmic block alternative, was used with good results in four adult dogs presented with mature bilateral cataract as part of a balanced approach to general anesthesia for cataract surgery. The block is presented as a good alternative protocol.
Keywords: Ophthalmic regional block, ophytalmic anesthesia, extraconal anesthesia, canine