All posts by novomedvep

29jul/19

Histiocitose cutânea reativa em cães – relato de cinco casos

RESUMO

A histiocitose cutânea reativa é um processo proliferativo benigno dos histiócitos que acomete derme e tecido subcutâneo, de etiopatogenia idiopática, sem predileção por gênero ou raça. A localização mais frequente deste processo são as narinas, espelho e ponte nasal, com presença principalmente de nódulos e placas epidermo-dermais indolores e apruríticos, podendo também se apresentar na forma generalizada. O diagnóstico é obtido por exame histopatológico e imunoistoquímica, e o tratamento preconizado é a glicocorticoterapia associada à imunomoduladores. O objetivo deste trabalho é relatar os aspectos clínicos, epidemiológicos, diagnósticos e terapêuticos em cinco casos de histiocitose cutânea reativa.
Palavras-chave: histiocitose, cão, histiócitos

ABSTRACT

Cutaneous reactive histiocytosis is a benign proliferative disorders of histiocytes that affects the dermis and subcutaneous tissue of idiopathic etiology, has no predilections for breed or sex. The most frequent localization of this process are the nares, nasal planum with mirror and presence of nodules and plaques mainly epidermal-dermal non pruritic and painless, but they may also present in the generalized form. Diagnosis is made by histopathology and immunohistotoquimistry, and the recommended treatment is associated with immunomodulatory glucocorticoid therapy. The objective of this study is to report the clinical, epidemiological, diagnostic and therapeutic in five cases of cutaneous reactive histiocytosis.
Keywords: histiocytosis, dogs, histiocytes

26abr/18

Auto-hemoterapia, uma nova ou antiga alternativa terapêutica

RESUMO

Avanços científicos e tecnológicos voltados ao tratamento de diversas enfermidades são hoje responsáveis por proporcionar uma melhor perspectiva e qualidade de vida. Diante dos custos, acessibilidade e efeitos colaterais que alguns destes modelos terapêuticos podem originar, faz-se necessário e é crescente a busca por alternativas que minimizem estes fatores tão indesejados. Neste contexto, há mais de um século, surgiu a auto-hemoterapia. Embora ainda hoje muito questionada e pouco pesquisada, esta terapia vem ganhando espaço nos estudos científicos, demonstrando respostas clínicas às mais diversas patologias tanto para os seres humanos quanto para os animais. Nesta revisão serão abordados aspectos inerentes ao histórico, à técnica, formas de administração, mecanismo de ação, aplicabilidade e contraindicações, visando assim reunir informações que possibilitem uma melhor compreensão sobre este tema.
Palavras-chave: terapia, sangue, patologias, auto-hemoterapia

ABSTRACT

Scientific and technological advances directed at treating various diseases are today responsible for providing a better perspective and quality of life. Due to costs, accessibility and collateral effects that some of these therapeutic models can originate, it is necessary and crescent the research for alternatives that minimize these unwanted factors. In this context, for over a century, arises the autohemotherapy. Although it is still nowadays widely questioned and little investigated this therapy has been gaining space in the scientifics studies, demonstrating clinical responses to several pathologies both human beings and animals. In this review, will be approached aspects inherent in to the historical, technique, forms of administration, mechanism of action, contraindications, and applicability, thus aiming to gather information to enable a better understanding of the topic.
Keywords: therapy, blood, pathologies, autohemotherapy